Prefeitura de Matrinchã adere à paralisação em protesto contra redução no repasse do FPM

Prefeitura de Matrinchã adere à paralisação em protesto contra redução no repasse do FPM

Matrinchã fecha as portas em manifestação, enquanto a prefeita Ivânia Fernandes pede colaboração da equipe na contenção de gastos

A Prefeitura de Matrinchã, aderiu a uma paralisação que ocorrerá nesta quarta-feira, dia 13 de Setembro. O motivo do protesto é a redução no repasse do Fundo de Participação Municipal (FPM) pelo governo federal, o que tem impactado significativamente as finanças municipais. Matrinchã está entre as diversas cidades que decidiram se juntar à paralisação, e como resultado, não haverá funcionamento das repartições públicas municipais durante o dia.

Durante a paralisação, os serviços públicos municipais essenciais serão mantidos, mas não haverá atendimento ao público nas repartições municipais. Escolas e postos de saúde estarão fechados, com previsão de reabertura no dia seguinte, quinta-feira, 14. Por outro lado, órgãos estaduais, comércio em geral e todas as repartições públicas que não são de âmbito municipal continuarão operando normalmente.

Além disso, os prefeitos dos municípios goianos planejam participar de um manifesto marcado para a manhã de quarta-feira na Assembleia Legislativa. O objetivo desse protesto é angariar apoio dos deputados estaduais para que o repasse do FPM seja restabelecido aos patamares anteriores, proporcionando alívio às finanças municipais. A prefeita de Matrinchã, Ivânia Fernandes, confirmou sua presença no evento e se unirá aos demais chefes de Executivo na busca por soluções para essa situação crítica.

Diante da difícil realidade financeira que os municípios estão enfrentando devido à redução no repasse do FPM, a prefeita Ivânia Fernandes se dirigiu à sociedade e aos funcionários municipais em uma reunião aberta no paço da prefeitura. Durante a reunião, ela explicou o cenário atual, expressou sua confiança de que dias melhores virão e fez um apelo à colaboração de sua equipe na contenção de gastos.

A prefeita destacou seu compromisso com o bem-estar da população e enfatizou que, desde o primeiro dia de seu mandato, optou por investir em pessoas, evitando cortes de funcionários como uma medida de redução de despesas. Ela atribuiu o sucesso da cidade em manter uma baixa taxa de desemprego a essa estratégia e afirmou que, por amor à sua comunidade, não pode considerar essa opção agora.

A prefeita em reunião, informou as melhorias que vem acontecendo no município, como finalização das obras no município de lua nova, o asfalto tão almejado. E ainda, Matrinchã está entre os 09 municípios que foi escolhido pelo Programa Minha Casa e Minha vinda, onde receberá casas do governo federal. Então, o trabalho não para as obras estão acontecendo, em meio às dificuldades estamos conseguindo cumprir com o nosso objetivo.

Ivânia Fernandes lamentou a difícil situação financeira que a prefeitura enfrenta, mas afirmou que sua fé na superação é maior. Ela agradeceu aos vereadores, secretários e demais funcionários pelo apoio nesse momento desafiador e reiterou seu compromisso em buscar soluções para garantir o bem-estar da população de Matrinchã.

Acesse o Decreto

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Pular para o conteúdo